Oprofeta

Oprofeta

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Creio no amor



E então?
Aqui estou sonhando contigo e tu, onde estás?
Só te encontro em meus pensamentos,
Só te vejo em meus sonhos, só te tenho em
Minhas ilusões.
Por que não vens curar-me desta saudade
Que mói o meu corpo, enquanto judia do
Meu espírito?
As vezes a saudade me convence de que o
Amor não existe. Sim! Se o amor existisse
Não terias me deixado. Ainda ouço a tua voz
Dizendo me amar. O que aconteceu?
Por que me deixaste? Sempre acreditei que o
Amor fosse tolerante, doce e incapaz de
Observar as imperfeições, enganei-me.
Agora penso que: ou o amor não existe ou
Nunca me amaste.
E então?
Por que continuo sozinho?
Por que não te encontro em meu caminho?
Por que não me estendes a mão?
Por que não devolve a alegria ao meu coração?
Os pensadores acreditam entender o amor.
Leigo, caminho nesta estrada como o cego
Caminha em direção ao precipício. Amo, sem
Conseguir entender o amor.
Como compreender que, sentimento tão nobre
Maltratar tanto o coração que se atreve a amar?
Não! Apesar de continuar amando, não  
Compreendo o amor.
E então?
Aqui estou sonhando contigo e tu, onde estás
Que só te encontro em meus pensamentos,
Só te vejo em meus sonhos?
                                                               
                                                                                     Maio 29, 2013

                                      *

terça-feira, 28 de maio de 2013

Coisa a toa



Coisa a toa!  
Pensamentos descabidos,
Alaridos, sorrisos perdidos no meio da noite,
Gemidos, coisa sem importância!
Causas, desenganos, descrenças, fé que
Esvai-se com as lágrimas.
Sombras! Fantasmas que dormem no
Passado, mas que ainda assustam quando
Visitam os meus sonhos, os meus medos.
Não faz mal! Já passou, ainda que me
Atormente, já passou.
São sombras que vagueiam perdidas em
Pensamentos que desassossegam o meu
Coração, mas não o impedem de sorrir.
Como já disse, são coisas a toas!
Sorrisos que me abandonam sempre que
As dúvidas surgem em meu céu.
Não importa! Choveu, apagou, o vento
Soprou, secou, esqueceu. Foi! Ficou o frio
Do vazio que dói na alma, mas não impede
O seu sorriso.
Coisa a toa!
Pensamentos que atormentam no meio da
Noite, mas não atrapalham o sono.
São fantasmas, situação que não quero
Viver, mas que vivo.
Estórias que me tomam pelas mãos, não me
Deixam fugir, mas não impedem o meu
Sorrir.
Coisa à toa!
Pensamentos descabidos, alaridos, sorrisos
Perdidos no meio da noite, gemidos.
Coisas sem importância! Algo que conto ao
Esquecimento e ele o ignora e sopra ao
Vento que o leva, como poeira que se
Mistura ao ar.
                                              Maio 28, 2013

                   *



terça-feira, 21 de maio de 2013

Talvez



Talvez!
Condicional que agasalha-se no
Abstrato das coisas, faz temer o
Cerne dos eventos que estão por
Suceder, e dos que não existem.
Talvez!
Situação que age como a fé cega,
Que crê fielmente no que
Desconhece e, por assustar, cria
O medo, o pânico.
Talvez!
Condição angustiante, dúvidas,
Incertezas que são as certezas
Dos pensamentos
Atormentados por medos não
Declarados, tipo de segredo que
Chantageia o espírito e rouba a
Paz.
Talvez!
Situação incômoda que impede
Ações, ilude a realidade, retarda
O sorriso que espera ansioso por
Sorrir, e faz esperar aqueles que
Já esperaram demais.
Talvez!
Condição quase quântica, prisma,
Estância em que a dúvida
Aterroriza a certeza e esta,
Amedrontada,  fica prisioneira,
Retida pelas dúvidas ela perde o
Amor que a abandona por causa
Da sua inércia.
Talvez
                                                 Maio 21, 2013

                                *

terça-feira, 14 de maio de 2013

Frases - Phrases



Frases! Frases e mais frases, vida.
Frases! Frases que afagam e curam feridas,
Frases. 
Frases! Frases, frases e frases, consolo,
Conforto, aflição, frases.
Frases! Frases e gritos, beijos, preces,
Perdão, excomunhão, frases.
Frases! Afago no ego, aperto de mão,
Sorrisos, medo escondido, o não, frases.
Frases! Gemidos, sussurros na escuridão,
Delírio diante da beleza, o sol e uma
Frase, frases.
Frases! Caminhos sem fim, despedidas,
Adeus, perguntas sem respostas, a
Agressão, frases, apenas frases.
Frases! Chuva, faz frio, o arrepio diante
Das lembranças de eventos que não
Ficaram, frase.
Frases! Frases e mais frases, somente
Frases, vaidade, aversão ao bem, paixão
Pelo mal, frases.
Frases! Abraços dados, braços
Esquecidos, lágrimas que o vento seca
Para que sejam esquecidas sob o curativo
Do perdão que não suporta perdoar,
Frases.
Frases! Coração crendo estar apaixonado e
A paixão iludida por um amor que não
Passa de frases.
Frases! Frase e mais frases. Frases ditas
Sem pensar, frases que nascem da
Incoerência, que ferem quaisquer
Principio e deixam tudo para lá, frases.
Frases! Frases e mais frases que não
Expressam pensamentos verdadeiros, a
Saudade, o beijo ou algo que valha.
Frases! Frases e mais frases, todas vazias,  
Frases sem vida, proferidas apenas para
Expressar coisas perdidas, levadas pelo
Vento do esquecimento até onde
Tornam-se apenas frases, somente frases e
Nada mais.
                                     
                                                                    Maio 14, 2013

                                  *



Phrases

Phrases! Phrases and some more phrases, life.
Phrases! Phrases which cuddling and heal
Wounds, phrases.
Phrases! Phrases, phrases and phrases,
Consolation, comfort, grief, phrases.
Phrases! Phrases and shouts, kisses, prayers,
Forgiveness, cursing, phrases.
Phrases! Ego-stroking, handshake, smiles,
Hidden fear, failure, phrases.
Phrases! Moans, whispers in the darkness,
Delirium in face the beauty, the sun and a
Phrase, phrases.
Phrases! An endless paths, farewells, goodbye,
Unanswered questions, the aggression,
Phrases, only phrase.
Phrases! Rain, it is cold, the chill caused by
The situation of to face memories of events
Which did not stay, phrase.
Phrases! Phrase after phrases, only phrases,
Vanity, aversion to the good, passion to the
Evil, phrases.
Phrases! Given hugs, forgotten arms, tears
Which the wind dries in the way it can be
Forgotten under the dressing of the
Forgiveness which hate to forgive, phrases.
Phrases! Heart believing being passionate
And passion deluded by the love which is
Nothing more than phrases.
Phrases! Phrase and phrases, spoken phrase.
Phrases that dwell from incoherency,
Phrases that hurt all the principles and leaves
It all alone, phrases.
Phrases! Phrases and phrases, sentences that
Express true thoughts of the nostalgias, the
Kiss or something that worth it.
Phrases! Phrases and phrases, empty phrases,
Lifeless sentences uttered only to express lost
Things, things taken by the forgetting wind up
To where it become only phrases, sentences
And nothing else.
                                    
                                                    
May 14, 2013

                                   *